08/04/2014

A Filha do Papa - Luís Miguel Rocha OPINIÃO! !!

Porto Editora| 432 pags.| 17, 70€
Após a leitura de "O Último Papa", "Bala Santa" e "A Mentira Sagrada " regressamos,  mais uma vez, aos meandros do Vaticano e aos mistérios que aí se escondem e que Luís Miguel Rocha consegue desvendar com mestria. 

Em "A Filha do Papa" reencontramo-nos com Rafael Santini e Sarah Monteiro enredados numa teia de conflitos relacionados com, por um lado, o IOR - o Banco do Vaticano e, por outro, com o escândalo relativo à "Filha do Papa" Pio XII.

Seguindo a fórmula introduzida nos livros anteriores, assistimos ao intercalar entre o passado e o presente, pautado por uma acção imparável,  por factos históricos e por uma junção entre crimes e mistério que nos prendem da primeira à última página. 

No passado, tomamos conhecimento do que ocorreu no Vaticano durante a Segunda Guerra Mundial e o papel do Papa Pio XII contra a hegemonia hitleriana e o  genocídio que aconteceu à comunidade judaica um pouco por todo o mundo. Qual o papel da Igreja nesse período conturbado da História Europeia e mundial?  Que fez Pio XII?  Tentou enfrentar Hitler ou deixou-se enredar na sua teia?

Neste livro ficamos a conhecer uma das teorias que dão resposta a essas e outras perguntas, visto ser um assunto tabu tanto dentro como fora dos círculos religiosos. Tanto assim é que, ainda hoje,  não sabemos concretamente a verdade. 

Na narrativa contemporânea acompanhamos Rafael e Sarah nos mistérios e no romance, enquanto aprofundamos o escândalo de um Papa ter uma filha.

Nos livros de Luís Miguel Rocha,  para além dos factos históricos , temos igualmente a componente romântica protagonizada por Rafael e Sarah,  apesar de neste livro  ser dado um maior relevo à História contrariamente ao que ocorre nos livros anteriores. Como romântica inveterada que sou ficou a faltar essa componente romântica neo livro,  falta esta que só é culmatada pelas diversas surpresas que vão aparecendo ao longo da trama.

Tal como ocorre nos romances anteriores do autor aprendemos muito sobre História religiosa, sobre a condição humana,  a amizade e o amor,  ingredientes que,  a meu ver,  tornam esta leitura extremamente apelativa.

O final verdadeiramente surpreendente deixa-nos ansiosos pelo próximo livro, que estou certa me irá cativar mais uma vez! E as informações que tenho são que esse novo livro não tarda nada a ser publicado! 

Luís Miguel Rocha consagra-se como um dos meus escritores preferidos e recomendo todos os seus livros. 

Classificação- 7 -Excelente. 


01/04/2014

Novidades Literárias Março/Abril 2014

Quinta Essência
336páginas |15,50€



Para o grupo de passageiros que se instala nos seus lugares e bebe os primeiros goles de champanhe, a viagem de Londres até Veneza é mais do que a viagem de uma vida. Uma missão misteriosa; uma promessa feita a um amigo moribundo; uma proposta inesperada; um segredo que remonta a vida inteira... Enquanto o comboio segue viagem, revelações, confissões e encontros amorosos têm lugar no cenário mais romântico e infame do mundo.











Porto Editora |
480 páginas| 16,60€



David Gurney, um ex-detetive da Polícia de Nova Iorque, aceita encontrar-se com uma jovem que está a realizar um documentário sobre o Bom Pastor. Uma década atrás, uma série de assassinatos fizeram deste serial killer notícia de primeira página. Mas os crimes pararam, sem que ninguém tenha percebido porquê. Para o FBI este era um caso arquivado, até que Gurney descobre elementos que a investigação inicial tinha desprezado e arrisca a própria vida para encontrar o Bom Pastor, transformando-se no próximo alvo do assassino. Dave Gurney sabe que está perante um homem perigoso e inteligente…um diabo que despertou. 





Esfera dos Livros| 416páginas|22€
Como se atrevem? O grito ecoou pelos corredores do palácio. Vitória de Inglaterra, a rainha que aos 18 anos subiu ao trono para recuperar a dignidade da monarquia britânica, não queria acreditar no que os seus olhos viam. Um mapa com uma grossa barra cor-de-rosa a dividir o continente africano em duas partes, ligando o oceano Atlântico ao Índico. Como era possível que um país aliado como Portugal ameaçasse o seu sonho de dominar o continente negro recheado de promessas de riqueza e glória? O coração de Vitória estava dividido entre os interesses políticos e os laços familiares e de afecto que a ligavam à família real portuguesa. Era amiga de D. Maria II e de D. Fernando. O seu reinado foi tão longo, o maior da história de Inglaterra, que viveu para ver governar D. Pedro V, D. Luís e D. Carlos… Mas os interesses políticos estavam acima dos laços de amizade. Era preciso acabar com o sonho português. O Ultimato de 1890 manchava para sempre a relação entre as duas coroas, para grande tristeza de Vitória que amava Portugal. Baseado numa intensa pesquisa histórica, Isabel Machado, autora de Isabel I e o seu médico português, traz-nos a vibrante história desta mulher fascinante que fez de Inglaterra o maior império do mundo no século XIX.
Casada com Alberto de Saxe-Coburgo-Gotha, vive uma das mais belas histórias de amor, trazendo ao mundo nove filhos. Feita de contradições, a cada página desta biografia romanceada descobrimos uma mulher sensual, de paixões violentas e humores oscilantes, marcada pela alegria, pelo amor do seu povo e pela tragédia. 



Quinta Essência| 484páginas|

Bellamy Lyston tinha apenas doze anos quando a irmã mais velha, Susan, foi morta num dia de feriado tempestuoso em finais de Maio. Atualmente, dezoito anos mais tarde, Bellamy escreveu um livro de grande sucesso que se baseia no assassínio de Susan. Uma vez que o livro se tinha inspirado no trágico acontecimento que continua a amargurar a sua família, ela decidiu publicá-lo sob um pseudónimo, a fim de os proteger de uma publicidade indesejada. Mas quando um repórter oportunista descobre que o livro é baseado em factos verídicos, a identidade de Bellamy é revelada a par do escândalo da família. Além disso, Bellamy torna-se alvo de alguém sem escrúpulos que, ou por querer que a verdade subjacente ao assassinato de Susan continue por desvendar ou, ainda mais ameaçador, por estar determinado a vingar-se por um homem acusado e condenado injustamente. Para poder identificar quem anda a assediá-la, Bellamy vê-se confrontada com os fantasmas do seu passado, entre os quais se inclui Dent Carter, o namorado instável e irresponsável de Susan - um dos primeiros suspeitos de ter cometido o crime. Dent, com esta e outras máculas no seu passado, está firmemente decidido a limpar o seu nome, para o que precisa da memória bloqueada de Bellamy. Contudo, as suas recordações, até então bloqueadas - depois de desbloqueadas - constituem novos perigos imprevisíveis.




Quinta Essência| 364 Páginas

A dupla de detetives Sunny Alvarez e Mac Reilly está de volta com mais intriga, escândalo e suspense neste maravilhoso romance que a levará das colinas de Hollywood até às ruas de Barcelona. Bibi Fortunata, cantora, atriz e celebridade é uma estrela do mundo do espetáculo. No auge da sua carreira é detida por suspeitas de ter assassinado o amante e a mais recente amante deste, que era também a sua melhor amiga. Bibi tornou-se notícia de primeira página, pelos piores motivos, mas a polícia nunca conseguiu provar nada e Bibi foi libertada, ainda com o pálio da suspeita a pender sobre a sua cabeça, partindo para Barcelona, onde pura e simplesmente desapareceu. Quando Paloma, a filha de Bibi, pede ajuda a Mac e Sunny, eles não conseguem resistir à tentação de resolver aquele mistério de uma vez por todas. Quem matou o amante de Bibi e a amante deste? Quem quereria incriminar Bibi? Com as descrições exuberantes, reviravoltas no enredo e personagens cativantes que são a imagem de marca de Elisabeth Adler, vai ser impossível parar de ler Reencontro em Barcelona. 


D.Quixote| 640páginas| 25€
A série The Killing, criada por Søren Sveistrup e produzida pela DR - Danish Broadcasting Corporation -, recebeu prémios prestigiosos por toda a Europa, incluindo um BAFTA para a melhor produção europeia no Festival de Televisão de Monte Carlo e numerosas nomeações para os Emmy.
Foi um enorme sucesso nos países onde foi exibida e tornou-se um fenómeno de culto.
Este livro corresponde à segunda temporada da série televisiva e o enredo prende-se com uma missão de tropas Dinamarquesas no Afeganistão, um tema muito atual.






Planeta Editora| 312 páginas| 18,85€
A consagrada escritora do policial escandinavo regressa com o quarto livro da excelente série protagonizado pela advogada Rebecka Mortisson, sendo considerado pela crítica internacional como o melhor de sempre, escrito por Åsa Larsson.
Este novo livro é baseado em factos reais de colaboradores nazis em Kiruna e num segredo que hoje em dia as autoridades não querem que venha a público. Um tema muito oportuno, sobretudo numa altura em que a extrema-direita está a ganhar influência na Europa e é uma ameaça nos países nórdicos.
Wilma e Simon são dois jovens apaixonados que decidiram mergulhar no lago gelado de Vittangijärvi, no norte da Suécia, em busca dos destroços de um avião alemão desaparecido em 1943. Enquanto mergulham, alguém corta a corda de segurança de Wilma e tapa o orifício de saída no gelo. Não têm como escapar.
Quando a Primavera se aproxima do norte da Suécia, o corpo de Wilma emerge das águas do rio Torneälven. Ao mesmo tempo, uma figura fantasmagórica aparece nos sonhos de Rebecka Martinsson, a reputada advogada de Kiruna. Será o fantasma do corpo que apareceu no rio?
Com a inspectora da polícia Anna-Maria Mella, Rebecka envolve-se num enigma que desperta antigos rumores de colaboradores nazis em Kiruna, um lugar onde a vergonha e o segredo controlam as recordações da guerra. Além disso, um assassino está disposto a continuar a matar de modo a manter o passado enterrado para sempre debaixo do gelo e da neve.



Planeta Editora|432 páginas| 19,95€


Conseguirá Isabel Thornleigh manter o seu casamento com Carlos? Conseguirá a rainha Isabel manter-se no trono?
O caminho para o trono da jovem rainha Isabel I foi muito arriscado, e acabada de ser coroada já enfrenta uma crise perigosa. Tropas francesas desembarcaram na Escócia para dizimar um exército protestante rebelde, e Isabel teme que por estarem entrincheirados na fronteira, possam invadir a Inglaterra. Isabel Thornleigh voltou para Londres após regressar do Novo Mundo com o marido espanhol, Carlos Valverde, e o filho. Sempre foi uma serva fiel da rainha e é recrutada para fazer chegar dinheiro aos rebeldes escoceses. No entanto, a confiança de Isabel I é limitada, e para que tudo corra como pretende, faz do filho desta refém, até que acabe a missão que lhe foi atribuída. Mas a situação agrava-se quando o marido de Isabel é contratado como conselheiro militar dos franceses, colocando assim o casal em lados opostos e numa guerra-fria mortal.

Das Livrarias para as Prateleiras : Fevereiro /Março 2014 (I)

O Escândalo Modigliani foi publicado pela primeira vez em 1976. Apesar de ser uma das primeiras obras de Ken Follett, evidencia já a sua mestria como contador de histórias. É um thriller com um ritmo trepidante e um enredo surpreendente, mas é também uma sátira ao universo dos marchands, das galerias e do mercado de arte.

Quando Dee Sleign, uma jovem formada em História de Arte a passar o verão em Paris, se depara com a pista de um Modigliani desconhecido que o pintor terá oferecido a um amigo, comunica a sua descoberta ao tio, Charles Lampeth, dono de uma conceituada galeria de arte em Londres e que de imediato contrata um detetive para descobrir o quadro. Dee parte então para Itália atrás das pistas que tem, desconhecendo que uma série de outras pessoas vão no seu encalce, na esperança de encontrarem o quadro antes dela.

Fraudes, vinganças, traições, tudo tem lugar nesta aventurosa corrida contra o tempo pela posse da obra-prima perdida de Modigliani.
Preço: 13,41| Colecção Grandes Narrativas| 224  págs|Editorial Presença

O relato de uma sobrevivente ao Holocausto e da sua luta para viver consigo mesma depois da guerra, uma homenagem a todas as vítimas que não viveram para poder contar a sua própria história e um esforço para assegurar que o legado de Anne Frank jamais seja esquecido.

Eva foi feita prisioneira pelos nazis no dia do seu 15º aniversário, tendo sido enviada para Auschwitz. A sua sobrevivência dependeu de inúmeros pequenos golpes de sorte, da sua determinação e do amor e da proteção da mãe, que foi deportada juntamente com ela. Quando o campo de concentração de Auschwitz foi libertado, iniciaram ambas a longa viagem de regresso a casa. Procuraram desesperadamente o pai e o irmão de Eva, dos quais tinham sido separadas. Meses mais tarde receberam a trágica notícia de que os dois haviam sido mortos. 
Preço:  15,75 | 284 págs | Marcador
Em 1945, enquanto o mundo celebra a vitória sobre o exército nazi, a Alemanha derrotada é dividida. De um lado, a União Soviética. Do outro, os Estados Unidos, a Grã-Bretanha e a França. A Guerra Fria está prestes a começar. Em Hamburgo, grupos de crianças esfomeadas vasculham os destroços em busca de alimentos, famílias desalojadas lutam por abrigos imundos. É nesta cidade arruinada que o coronel Lewis Morgan é encarregado de repor a paz. O governo inglês requisita uma casa para o acolher a ele e à família. Aos proprietários da mansão resta a indigência. É então que o coronel propõe uma solução inédita: a partilha do espaço. Mas ao contrário do que coronel espera, este pacto vai ser explosivo. A sua mulher, Rachel, vive fechada em si própria. O filho de ambos, Edmund, debate-se com uma solidão extrema. A alemã Freda é a adolescente rebelde, filha de Herr Lubert, um homem de elite inconformado com a submissão que lhe é imposta. Entre segredos e traições, a vida na casa é uma bomba-relógio que uma paixão proibida ameaça ativar.. Baseado no extraordinário ato de bondade do avô do autor, O Despertar do Mundo pinta um retrato único da guerra vista do lado dos perdedores. 
Preço: 17,90| 328 Págs| Asa

Todos os atores adoram um bom drama e os membros da Causton Amateur Dramatic Society não fogem à regra. Românticas cenas de amor, momentos de ciúme e desespero, reconciliações operáticas, egos em fúria… as emoções estão ao rubro nesta produção amadora da peça Amadeus. Todavia, até as mentes mais criativas têm de admitir que assassinar o protagonista em palco é um pouco excessivo. Felizmente, o inspetor Tom Barnaby está na plateia e assume o controlo da situação. Da ex-mulher ressabiada a inesperados amantes secretos e atores invejosos, não lhe faltam suspeitos. O que parece faltar-lhe, sim, é objetividade. O bom inspetor conhece perfeitamente todos os envolvidos, são seus vizinhos e amigos, e por isso mesmo, conseguirá ver quem eles realmente são?
Preço: 14,90| Colecção Crime à Hora do Chá, Vol.4| Asa

Os Autores nas estantes

Agatha Christie (7) Albert Camus (1) Alexandre Dumas (2) Almudena de Arteaga (2) Amalia Decker Marquez (1) Ana Cristina Silva (2) Andrea Vitali (1) Andy Tilley (1) Anita Notaro (1) Anna McPartlin (2) Annie Murray (2) Anthony Capella (1) Antonio Hill (1) Arthur Schnitzler (1) Arturo Perez - Reverte (1) Audrey Niffenegger (1) Ayelet Waldman (1) Boris Vian (1) Bram Stocker (1) Brian Freeman (1) Camilla Lackberg (6) Care Santos (1) Carlos Ruiz Zafón (2) Cecelia Ahern (1) Charlotte Brontë (1) Colleen McCulloug (3) Dan Brown (2) Daniel Silva (1) David Foenkinos (1) David Nicholls (1) David Safier (1) Dennis Lehane (1) Diane Setterfield (1) Donato Carrisi (2) Edith Wharton (1) Elizabeth Adler (1) Elizabeth Edmondson (1) Elizabeth Gilbert (1) Elizabeth Haynes (1) Elizabeth Hickey (1) Eloisa James (1) Eric-Emmanuel Schmitt (1) Fabio Volo (1) Florencia Bonelli (1) Franz Kafka (1) Fred Vargas (2) George Orwell (1) George R.R. Martin (1) Gustave Falubert (1) Guy de Maupassant (1) H.P.Lovecraft (1) Harlan Coben (2) Haruki Marukami (2) Henning Mankell (2) Henry James (1) Inês Pedrosa (1) Isabel Allende (3) Iza Salles (1) J.K.Rowling (1) James Thompson (2) Jamie Ford (1) Jane Austen (2) Jean Rhys (1) Jennifer Haymore (2) Jessica Bird (1) Jill Abramson (1) Jô Soares (2) John Boyne (1) John Verdon (2) Jojo Moyes (3) Jonathan Santlofer (1) José Rodrigues dos Santos (5) José Saramago (6) Joseph Conrad (1) Jude Deveraux (2) Julia Navarro (1) Julie Garwood (1) Júlio Magalhães (2) Karen Kingsburry (1) Kate Jacobs (1) kate Morton (3) Ken Follett (5) Lars Kepler (3) Leo Tolstoi (1) Lewis Carroll (1) Lisa Gardner (1) Lívia Borges (1) Lucinda Riley (2) Luís Miguel Rocha (4) Machado de Assis (1) Madeline Hunter (2) Marguerite Duras (1) Mário Vargas Losa (2) Matilde Asensi (1) Michael baron (1) Miguel Sousa Tavares (1) Mo Hayder (1) Nicholas Sparks (2) Nicky Pellegrino (1) Nicolas Barreau (2) Nora Roberts (4) Nuno Markl (1) Oscar Wilde (1) Paulo M. Morais (1) Philippa Gregory (3) R.J.Palacio (1) Ricardo Araújo Pereira (1) Ricardo Menendez Sálmon (1) Richard Zimler (1) Robert Louis Stevenson (1) Robert Wilson (1) Rosamund Lupton (2) Rosamunde Pilcher (1) Sandra Brown (2) Sandra Worth (1) Sara Rodi (1) Sarah Addison Allen (3) Slavomir Rawicz (1) Stefan Sweig (1) Stephen King (1) Stephenie Meyer (4) Steven Saylor (1) Stieg Larson (3) Susanna Kearsley (1) Susanna Tamaro (1) Tara Moss (1) Thomas Mann (1) Torey Hayden (1) Tracy Chevalier (2) Wilkie Collins (1) WM. Paul Young (1) Yann Martel (1) Yasunari Kwabata (1) Yrsa Sigurdardóttir (1)