29/03/2012

O Prinicpe da Neblina - Carlos Ruiz Zafón

O Príncipe da NeblinaO Príncipe da Neblina by Carlos Ruiz Zafón
My rating: 4 of 5 stars






Razões da escolha do livro: Livro oferecido pela editoria Planeta já em Janeiro. Adoro o escritor Carlos Ruiz Zafón! 

Proveniência: A minha biblioteca/oferta da editora Planeta. 

A minha Opinião:
Mais um livro do Carlos Ruiz Zafón que é único!
Não é meu costume ler os prólogos dos livros, mas o deste não pude deixar escapar porque para além de Zafón ser um brilhante escritor, é também um pensador que estabelece a ligação entre escritor/leitor de uma forma especial.
São, assim, de salientar as seguintes frases do prólogo que nos despertam ainda mais o interesse neste livro: “ São romances de uma época (década de 90), que escrevia principalmente para leitores juvenis, quer fossem de nove ou noventa anos (…)”. De facto, este é um livro que pode ser lido por qualquer faixa etária, cuja literatura desperte o interesse ou que ler seja um prazer, já que o autor nos convida a “viver as aventuras destas personagens. (…) A entrada não tem limite de idade, nem lugar marcado. Será bem-vindo a estas páginas quer seja um leitor veterano (…) ou um leitor jovem que mergulha na maior das aventuras, a de ler”.
Depois destas palavras como resistir?
Entramos, assim, na vida de Max, Alicia e Roland e nas suas aventuras para desvendar os mistérios que rodeiam a morte trágica de Jacob e a lenda de um príncipe sinistro que surge para satisfazer os desejos mais profundos das pessoas a troco de um preço demasiado elevado…
Ao ler este livro, lembrei-me, por um lado, das minhas leituras juvenis (de livros como “uma aventura” ou “os cinco”) e, por outro lado, do livro “Marina”, que tal como este, tem uma forte componente fantástica.
Apesar de não apreciar livros de fantasia, fiquei enredada neste livro (à semelhança do que aconteceu quando li Marina), pela sua história, pela escrita impecável do escritor, pela aventura, pelo mistério!
Gostei muito e aguardo ansiosamente os restantes livros desta série! 

O melhor: Recordar os livros da infância/juventude onde não faltam os ingredientes que constituem este livro: aventura, ação, mistério. A escrita envolvente do escritor. 

O pior: Ter de aguardar que os outros livros da série sejam editados em Portugal. 

O Autor:
Carlos Ruiz Zafón nasceu em Barcelona em 1964. Inicia a sua carreira literária em 1993 com El Príncipe de la Niebla (Prémio Edebé), a que se seguem El Palacio de la Medianoche, Las Luces de Septiembre (reunidos no volume La Trilogía de la Niebla) e Marina. Em 2001 publica A Sombra do Vento, que rapidamente se transforma num fenómeno literário internacional. Com O Jogo de Anjo (2008) regressa ao Cemitério dos Livros Esquecidos. As suas obras foram traduzidas em mais de quarenta línguas e conquistaram numerosos prémios e milhões de leitores nos cinco continentes. Actualmente, Carlos Ruiz Zafón reside em Los Angeles, onde trabalha nos seus romances, e colabora habitualmente com La Vanguardia e El País. 

A minha classificação: 6 – Muito Bom 

Período de Leitura: Iniciado a 3 de Março e terminado a 6 de Março de 2012.

27/03/2012

Raposas Inocentes - Torey Hayden

Raposas InocentesRaposas Inocentes by Torey Hayden
My rating: 2 of 5 stars







Razões da escolha do livro: Livro oferecido pela Editorial Presença para passatempo no blogue. 

Proveniência: A minha biblioteca/oferta editora. 

A minha Opinião:
Há uma característica, entre muitas, nos livros que poderá torna-los uma boa leitura: a empatia, simpatia /antipatia, desprezo/apreso relativamente às personagens.
Desde o início que a maioria das personagens deste livro mexeu comigo de um ponto de vista negativo: são pessoas que não olham a meios para atingirem os fins, sejam de uma classe social alta ou de uma classe social baixa. Só depois de passarem por algumas provações é que começam a ver a vida com outros olhos e tentam mudar. Mas será que ainda vão a tempo?
É um livro que nos faz refletir sobre a condição humana, sobre o facto de um homem ser capaz de tudo por ganância; de uma mulher cuja perda recente de um filho a faz ver o mundo de outro prisma; como um homem rico despreza o próprio filho; como a diferença social poderá não significar necessariamente uma diferença de carácter; é uma reflexão sobre a violência doméstica, sobre os sonhos e as dificuldades com que as pessoas se poderão deparar para os concretizar.
Nunca tinha lido nada da escritora mas considero que ela escreve bem e foca sobretudo a psicologia humana e faz-nos ver que a vida não é nenhum mar de rosas. 

O melhor: As lições de vida que poderemos tirar desta leitura. 

O pior: O carácter das personagens. 

O Autor:
Torey Hayden nasceu em 1951 em Livingston, Montana, nos Estados Unidos. Apesar de ter uma formação académica diversificada, dedicou grande parte da sua vida ao ensino especial e à escrita. Os seus livros, inspirados nas crianças e adultos que conheceu no decurso da sua actividade profissional, são bestsellers traduzidos para cerca de 30 línguas. Nesta colecção poderá encontrar os títulos A Criança Que não Queria Falar, A Menina Que nunca Chorava, Os Filhos do Afecto, Uma Criança em Perigo, Filhos do Abandono, A Força dos Afectos, A Prisão do Silêncio e A Luz de Um Novo Dia. 

A minha classificação: 4 – Interessante. 

Período de Leitura: Iniciado em 20 de Fevereiro e terminado a 3 de Março de 2012.

26/03/2012

Resultado do passatempo "Rumo à Liberdade" de Slavomir Rawicz

Este passatempo em colaboração com a Editorial Presença teve um total de 60 participações e todas foram consideradas válidas. Obrigada a todos os participantes!
Respostas:
1 -  Em que data foi preso Slavomir Rawicz? 19 de novembro de 1939
2 -  Quantos quilómetros percorreram aproximadamente Slavomir Rawicz e os seus companheiros? 6500.
3 - A que colecção da Editorial Presença pertence este livro? Grandes Narrativas
4 - Quem realizou o filme baseado neste livro? Peter Weir


A vencedora foi, de acordo com o Random.org:
Viviana Helga Miranda Ferreira

Muitos Parabéns!!!

20/03/2012

"Furacão" o mais recente romance de Laurent Gaudé

Título: Furacão
Autor: Laurent Gaudé
Tradutor: Isabel St. Aubyn
Págs: 160
PVP: 15,50 €
Laurent Gaudé, vencedor do Prémio Goncourt em 2004, regressa ao catálogo da Porto Editora com Furacão, um romance surpreendente e muito elogiado pela crítica, que chega às livrarias no dia 29 de março.
Em Furacão, várias personagens enfrentam uma tragédia natural ao mesmo tempo que buscam a sua própria paz interior. Gaudé despoja- -as de tudo o que consideravam essencial, expondo assim a sua verdadeira natureza.

Sinopse:
No coração da tempestade que devastou Nova Orleães, uma dezena de personagens enfrenta a fúria dos elementos, mas também a sua própria escuridão interior. Que resta ao ser humano quando as suas referências morais e sociais desaparecem por entre o caos e o medo de um cenário apocalíptico? Com Furacão, Laurent Gaudé oferece-nos uma espécie de ópera em que os solos das personagens se unem num amplo coro que nos transmite o grito da cidade abandonada à sua sorte. A gravidade da tragédia funde-se com a serenidade da fábula, para exaltar a fidelidade, a fraternidade, a comovente beleza dos que, apesar de tudo, permanecem de pé.

Nova Chancela Porto Editora nas livrarias a 29 de Março

Título: Desejo Subtil
Autores: Lisa Kleypas
Tradução: Cláudia Ramos e Helena Ramos
Págs: 336
Capa: mole com badanas
PVP: 14,40 €
A 29 de março, chega às livrarias portuguesas o primeiro livro de uma nova chancela dedicada ao romance sensual, a 5 Sentidos. Escrito pela norte-americana Lisa Kleypas, uma das mais aclamadas autoras do género, Desejo Subtil é o primeiro de uma série de quatro títulos intitulada À Flor da Pele.
A obra agora editada – Secrets of a Summer Night, no original – centra-se nas aventuras eróticas de quatro jovens em busca de um pretendente.
Lisa Kleypas é uma autora premiada e com uma obra vasta: 21 romances publicados. Bestseller do New York Times, foi considerada «francamente talentosa» pela prestigiada revista Publishers Weekly.
Para o segundo semestre de 2012 está prevista a publicação de Sedução Intensa, segundo livro da série e da chancela 5 Sentidos.


Sinopse:
Quatro jovens da sociedade elegante de Londres partilham um objetivo comum: usar os seus encantos femininos para arranjarem marido. E assim nasce um ousado esquema de sedução e conquista.
A delicada aristocrata Annabelle Peyton, determinada a salvar a família da desgraça, decide usar a sua beleza e inteligência para seduzir um nobre endinheirado. Mas o admirador mais intrigante e persistente de Annabelle – o plebeu arrogante e ambicioso Simon Hunt – deixa bem claro que tenciona arruinar-lhe os planos, iniciando-a nos mais escandalosos prazeres da carne. Annabelle está decidida a resistir, mas a tarefa parece impossível perante uma sedução tão implacável… e o desejo descontrolado que desde logo a incendeia.
Por fim, numa noite escaldante de verão, Annabelle sucumbe aos beijos tentadores de Simon, descobrindo que, afinal, o amor é o jogo mais perigoso de todos.

Passatempo "Rumo à Liberdade"

Em colaboração com a Editorial Presença temos para oferecer um exemplar deste livro!
Para se habilitarem a ganhar têm que responder correctamente a todas as perguntas do formulário bem como preencher todos os dados pessoais requeridos!!!!
As respostas poderão ser encontradas aqui, aqui ou numa pesquisa google.
Boa sorte!!!!

15/03/2012

Novidade Editorial Civilização - Março


No dia 14 de abril de 1912, o Titanic chocou contra um icebergue na sua viagem inaugural e afundou-se. Mil e quinhentos passageiros e tripulantes perderam a vida. Quando a ordem para abandonar o navio foi dada, a orquestra pegou nos seus instrumentos e continuou a tocar no convés. Ainda tocava quando o navio se afundou. O violinista de vinte e um anos, Jock Hume, sabia que a sua noiva, Mary, estava grávida do primeiro filho – a mãe do autor.
Cem anos mais tarde, Christopher Ward revela uma dramática história de amor, perda e traição, e o catastrófico impacto da morte de Jock em duas famílias escocesas muito diferentes. Ward pinta um retrato vivo de uma época em que a classe social determinava o modo como se vivia… e morria. Uma espantosa obra de pesquisa histórica, E a Banda Continuou a Tocar… é também um relato comovente de como a demanda do autor para saber mais sobre o avô revelou a chocante verdade sobre a família que ele julgava conhecer, uma verdade escondida durante quase cem anos.




Ginny e Adam Trustlove chegam de férias a Itália, destruídos por uma tragédia pessoal. Duas semanas numa casa na margem do tranquilo lago de Orta é exatamente aquilo de que precisam para restaurarem a sua fé na vida – e um no outro. Vinte e quatro horas mais tarde, o silêncio é interrompido. A família Sale chega à casa principal da propriedade: Marty, um homem bem-sucedido, Bea, a sua bela esposa, e a sua prole privilegiada e confiante. Não demora muito até Ginny e Adam serem atraídos para o círculo, especialmente quando a filha adolescente, Pippi, traz um novo amigo. Porque há qualquer coisa em Zach que deixa toda a gente imediatamente encantada, qualquer coisa que liberta antigos segredos – e cria segredos novos e chocantes. E contudo, nenhum deles suspeita que a chegada de Zach às suas vidas possa ser tudo menos uma coincidência…

Novidade Editorial Planeta - Março


JÁ NAS BANCAS!!!!

Sinopse:
Na convulsa e fascinante Barcelona do modernismo, a matriarca de uma das sagas mais prestigiosas da cidade prepara a mudança para o seu novo lar, um lindíssimo palacete vizinho do então incipiente Paseo de Gracia.
As paredes dessa casa serão o zeloso guardião de vidas repletas de ambição, segredos inconfessáveis e paixões ocultas.
Essa é a herança que o tempo confiará a Violeta, última da estirpe: o passado, visto do presente é sempre um quebra-cabeças a que faltam peças...
Care Santos traça um grandioso fresco histórico e social que nos convida a reflectir sobre a débil memória que legamos às gerações futuras.
Apaixonante e viciante, A Cor da Memória é uma história de intriga, romance e tragédia com o pano de fundo de um mundo que desapareceu para nunca mais voltar.

Novidades Editoriais Asa - Março

Data de publicação: 26 de Março
Sinopse:

Na sua juventude, Edie, Ruby e Janet partilhavam sonhos enquanto se dedicavam à deliciosa tarefa de fazer chocolates na famosa fábrica Cadbury, em Inglaterra. Duas décadas depois, o mundo está radicalmente diferente e as vidas das amigas também. Agora, a geração seguinte está a crescer e a enfrentar os seus próprios desafios.
Greta, a filha da temperamental Ruby, é tão bela quanto infeliz. A sua vida familiar foi sempre instável, o que a levou a procurar refúgio junto das suas amigas, na fábrica de chocolates Cadbury, onde também trabalha. Mas tudo vai piorar com o regresso da sua detestável irmã, Maureen.
E assim, enquanto Inglaterra vive a euforia da louca década de 1960, Greta precipita-se para um casamento que rapidamente destruirá os seus sonhos românticos. Grávida e sem-abrigo, é acolhida pela maternal Edie e pelo marido, Anatoli. Mas o amor e segurança deste refúgio em breve serão despedaçados por uma tragédia que mudará as suas vidas para sempre…


Add caption
 Sinopse: 
Rute Madeira e a sua irmã Filipa conheceram, na adolescência, Tomás Arruda durante umas inesquecíveis férias de Verão em Pedras d’el Rei. As memórias dessas férias perdurariam mesmo depois de Tomás rumar a Londres e se ter transformado num famoso actor de cinema.

Quando o realizador Ian Holden vem a Sintra rodar um filme que tem Tomás Arruda como protagonista, Rute Madeira, agora a gerir os negócios da família, decide organizar um jantar de boas-vindas à equipa de filmagem. Um acontecimento social de impacto com uma lista de convidados ilustres e mediáticos e amplamente coberto pela comunicação social. Um jantar perfeito para gente perfeita: jovens, ricos, famosos e felizes. Aparentemente. 

Por detrás do esplendor e do glamour, pairam ódios e frustrações difíceis de superar. Conseguirá Rute sobreviver a um doloroso segredo das sombras do seu passado? Poderão Tomás e Filipa reprimir a atracção que os une?

És o Meu Segredo, pela primeira vez editado na ASA, traz-nos a densidade emocional a que Tiago Rebelo já nos habituou. A vida das personagens, marcada por impasses, encantos e desenganos, apela às insondáveis questões do amor e aos misteriosos enredos da mente.

Um romance psicológico que nos prende de início e nos confirma que a vida vale a pena ser vivida apesar das pedras que surgem pelo caminho. 


 Sinopse: 
Quantas vezes é que já ouvimos uma mulher queixar-se de que não entende os homens? E não percebe as atitudes dos homens? E não compreende por que é que o namorado ou marido a deixou? E não entende por que é que ele já não a ama? E não percebe como é que ele foi capaz de a trair? E não compreende o que tem de fazer mais para que ele se apaixone por ela?

Este livro passa por essas várias etapas na vida de um homem. Com muitos dos textos aqui publicados o autor procurou desconstruir a cabeça masculina, que é muitas vezes mais simples do que a maioria das mulheres pensam. Ao ler o livro, qualquer mulher irá rever-se em situações descritas, irá encontrar pontos comuns com a sua vida, e irá, sobretudo, entender um bocadinho melhor as acções dos homens.

A verdade é que os homens são quase sempre muito mais simples do que as mulheres julgam. É isso que este livro pretende deixar bem claro, descodificando o mundo masculino com grande sentido de pormenor e com o máximo de pragmatismo, para que as mulheres entendam a cabeça dos homens de vez.
Na base deste livro está o blogue O Arrumadinho, um espaço de discussão sobre relações, amor e sexo que é hoje um dos mais populares da blogosfera em Portugal. 



Novidades Editoriais Porto Editora - Março



Data de Publicação: 15 de Março


Sinopse:
Berlim, 1945: entre os escombros de uma capital arrasada, Hitler enfrenta as suas últimas horas de vida. Ou será que não?
Numa Europa devastada pela Segunda Guerra Mundial, o jovem seminarista August Lienart vê-se implicado numa operação de grande escala: uma organização enigmática tenta encontrar uma via de escape para os nazis e lançar os alicerces para a construção do Quarto Reich.
Quem estará por trás da sinistra organização secreta em cujas teias se enreda Lienart? Estará a Igreja Católica envolvida na fuga dos criminosos de guerra? Uma incrível e fascinante intriga, plena de suspense e mistério, até à última página.

A Porto Editora já publicou do mesmo autor " O labirinto da Água".



Data de Publicação: 22 de Março
 
Sinopse:
No mesmo prédio habitam um poeta, um judeu ortodoxo, um palestiniano, uma testemunha de Jeová e uma mulher agnóstica. E um gato. Cada um vive encerrado na sua masmorra, exceto o gato, que será testemunha das tensões, ódios, paixões e conflitos religiosos que surgirão entre os inquilinos. Num quotidiano tantas vezes mais absurdo do que seria de crer, gera-se o preconceito, as pequenas obsessões agigantam-se, e os personagens tornam-se sobreviventes de uma guerra contemporânea.
Todas as Cores do Vento constrói, com grande delicadeza e precisão, uma trama tensa e forte, revelando a mestria de um escritor que já nos habituou ao seu olhar sobre o mundo: atento, inteligente, perspicaz e crítico.



Data de Publicação: 22 de Março

Sinopse:
Nora Grey não consegue lembrar-se do que se passou nos últimos cinco meses. Depois do choque inicial de acordar num cemitério e descobrir que esteve desaparecida durante semanas – sem ninguém saber onde ou com quem estava – tenta tomar o pulso à própria vida. Regressa às aulas, passeia com a melhor amiga Vee e tenta evitar ao máximo o novo namorado da mãe. Mas há uma voz que lhe ecoa na mente, uma ideia que quase consegue tocar e sentir. Visões de asas de anjo e criaturas sobrenaturais que nada têm que ver com o mundo que conhece. E não consegue deixar de se sentir perdida e... incompleta. Então, Nora cruza o caminho de um desconhecido muito sensual com quem partilha uma ligação estranha e muito forte. Ele parece conhecer todas as respostas... e o coração dela. Cada minuto que passa com ele torna-se cada vez mais intenso até que se apercebe de que pode estar a apaixonar-se. Novamente.

Novidade Editorial Presença para Março


 
Título Original: The Long Walk
Tradução: Maria João Neves Pereira
Páginas: 284
Coleção: Grandes Narrativas Nº 523
PREÇO COM IVA: 16,50€
ISBN: 978-972-23-4809-6
Data de Publicação: 20 de Março

 


Sinopse:
Slavomir Rawicz era um jovem oficial de cavalaria polaco quando a 19 de novembro de 1939 foi preso pelos russos sob a acusação de espionagem e condenado a 25 anos de trabalhos forçados nos gulags. Em abril de 1941 consegue fugir juntamente com seis companheiros, e tem início uma odisseia rumo à liberdade que os levará a percorrer a pé mais de 6500 quilómetros em direção a sul, enfrentando algumas das regiões mais agrestes do mundo até alcançarem a Índia britânica em março de 1942. Rumo à Liberdade é um formidável testemunho da força e perseverança do espírito humano e uma afirmação do desejo universal de liberdade e dignidade.

O autor:
Slavomir Rawicz (1915-2004) viveu em Inglaterra depois da Segunda Guerra Mundial, onde casou e constituiu família. Devido a problemas de saúde, reformou-se cedo e dedicou-se a dar conferências e palestras sobre as suas experiências, com o objetivo de angariar dinheiro para apoiar instituições de acolhimento de crianças órfãs na Polónia.

ATENÇÃO: EM BREVE HAVERÁ PASSATEMPO AQUI NO BLOGUE PARA ESTE LIVRO! FIQUEM ATENTOS!

Os Autores nas estantes

Agatha Christie (7) Albert Camus (1) Alexandre Dumas (2) Almudena de Arteaga (2) Amalia Decker Marquez (1) Ana Cristina Silva (2) Andrea Vitali (1) Andy Tilley (1) Anita Notaro (1) Anna McPartlin (2) Annie Murray (2) Anthony Capella (1) Antonio Hill (1) Arthur Schnitzler (1) Arturo Perez - Reverte (1) Audrey Niffenegger (1) Ayelet Waldman (1) Boris Vian (1) Bram Stocker (1) Brian Freeman (1) Camilla Lackberg (6) Care Santos (1) Carlos Ruiz Zafón (2) Cecelia Ahern (1) Charlotte Brontë (1) Colleen McCulloug (3) Dan Brown (2) Daniel Silva (1) David Foenkinos (1) David Nicholls (1) David Safier (1) Dennis Lehane (1) Diane Setterfield (1) Donato Carrisi (2) Edith Wharton (1) Elizabeth Adler (1) Elizabeth Edmondson (1) Elizabeth Gilbert (1) Elizabeth Haynes (1) Elizabeth Hickey (1) Eloisa James (1) Eric-Emmanuel Schmitt (1) Fabio Volo (1) Florencia Bonelli (1) Franz Kafka (1) Fred Vargas (2) George Orwell (1) George R.R. Martin (1) Gustave Falubert (1) Guy de Maupassant (1) H.P.Lovecraft (1) Harlan Coben (2) Haruki Marukami (2) Henning Mankell (2) Henry James (1) Inês Pedrosa (1) Isabel Allende (3) Iza Salles (1) J.K.Rowling (1) James Thompson (2) Jamie Ford (1) Jane Austen (2) Jean Rhys (1) Jennifer Haymore (2) Jessica Bird (1) Jill Abramson (1) Jô Soares (2) John Boyne (1) John Verdon (2) Jojo Moyes (3) Jonathan Santlofer (1) José Rodrigues dos Santos (5) José Saramago (6) Joseph Conrad (1) Jude Deveraux (2) Julia Navarro (1) Julie Garwood (1) Júlio Magalhães (2) Karen Kingsburry (1) Kate Jacobs (1) kate Morton (3) Ken Follett (5) Lars Kepler (3) Leo Tolstoi (1) Lewis Carroll (1) Lisa Gardner (1) Lívia Borges (1) Lucinda Riley (2) Luís Miguel Rocha (4) Machado de Assis (1) Madeline Hunter (2) Marguerite Duras (1) Mário Vargas Losa (2) Matilde Asensi (1) Michael baron (1) Miguel Sousa Tavares (1) Mo Hayder (1) Nicholas Sparks (2) Nicky Pellegrino (1) Nicolas Barreau (2) Nora Roberts (4) Nuno Markl (1) Oscar Wilde (1) Paulo M. Morais (1) Philippa Gregory (3) R.J.Palacio (1) Ricardo Araújo Pereira (1) Ricardo Menendez Sálmon (1) Richard Zimler (1) Robert Louis Stevenson (1) Robert Wilson (1) Rosamund Lupton (2) Rosamunde Pilcher (1) Sandra Brown (2) Sandra Worth (1) Sara Rodi (1) Sarah Addison Allen (3) Slavomir Rawicz (1) Stefan Sweig (1) Stephen King (1) Stephenie Meyer (4) Steven Saylor (1) Stieg Larson (3) Susanna Kearsley (1) Susanna Tamaro (1) Tara Moss (1) Thomas Mann (1) Torey Hayden (1) Tracy Chevalier (2) Wilkie Collins (1) WM. Paul Young (1) Yann Martel (1) Yasunari Kwabata (1) Yrsa Sigurdardóttir (1)