21/08/2009

A Sombra da Águia - Arturo Perez Reverte

Sinopse:
A Sombra da Águia, que Arturo Pérez-Reverte publicou em 1993 nas páginas do El País sob a forma de folhetim, e que se encontrava até hoje inédita em Portugal, é, na sua aparente simplicidade, uma das obras que melhor espelha o virtuosismo literário do seu autor, o seu sentido de humor e a sua fidelidade aos grandes temas do ser humano, como a guerra, o heroísmo anónimo, a noção de Pátria.

A história é baseada num acontecimento real: em 1812, durante a Campanha da Rússia, num combate adverso para as tropas napoleónicas, um batalhão de antigos prisioneiros espanhóis, alistados à força no exército francês, tenta desertar, passando-se para os russos. Interpretando erroneamente o movimento, o Imperador encara-o como um acto de heroísmo e envia em seu auxílio uma carga de cavalaria que terá consequências imprevisíveis.

Ao mesmo tempo divertido e trágico, A Sombra da Águia
revela-nos uma visão mordaz e descarnada da guerra e da condição humana. Uma pequena pérola com a assinatura do mais importante escritor espanhol da actualidade.

A minha opinião:
Um livro pequeno mas único e muito divertido!

Confesso que já tinha experimentado ler o escritor ( com o "Mestre de Esgrima") mas sem grande sucesso. Mas com este livro fiquei com outra opinião!

Cheio de aventura e muito sentido de humor, Perez - Reverte leva-nos à época das Invasões Napoleónicas, ao cerne da batalha onde ficamos a conhecer diferentes personagens históricas que conhecemos dos livros de escola.

Com uma linguagem suave e com um desenrolar de acção rápido, este é um livro que aconselho! Para aqueles que gostam do escritor, para aqueles que querem descobrir o escritor, para quem gosta de História, para quem gosta de aventura e para quem gosta de dar umas boas gargalhadas!

Classificação - 7,5/10

Iniciado a 15 de Agosto e terminado em 18 de Agosto.

4 comentários:

Jacqueline' disse...

Adoro história, por isso este é um dos livros para adquirir futuramente!

Jose Ramon Santana Vazquez disse...

...abierta
siempre
biblioteca
permanente
del
alma
en
letras
oro
ya
del
corazon...

desde mis---horas rotas---

te sigo biblioteca aberta,

comparto tu bello blog

con un fuerte abrazo.

afetuosamente :

jose
ramon...

tonsdeazul disse...

Parece-me interessante. Aprecio livros que contenham um fundo histórico.

Nota: Estive a ler a tua lista de "desafio clássicos" e reparei que tens alguns repetidos, sendo eles:
- "Madame Bovary" (4 e 36);
- "Crime e Castigo" (8 e 39);
- "O vermelho e o negro" (12 e 42).

Porque não substituir os repetidos por alguns destes, que possas ainda não ter lido:
- "D. Quixote de La Mancha", de Cervantes;
- "Anna Karênina", de Tolstoi;
- "A Divina Comédia", de Dante;
- "A arte de amar", de Ovídio;
- "Orgulho e Preconceito", de Jane Austen;
- "As viagens de Gulliver", de Jonathan Swift;
- "Cem anos de solidão", de Gabriel Garcia Marquez;
- "As cidades invisíveis, de Calvino.
Todos excelentes clássicos! :)

Boas leituras!

Manuel Botelho disse...

Perez-Reverte é um dos meus escritores preferidos. Tenciono ler este livro logo que possível.Entretanto aconselho as seguintes obras do autor, entre outras: "O Mestre de Esgrima","O Clube Dumas","O Cemitério dos Barcos sem Nome" e, sobretudo a "Rainha do Sul". Não esquecer as aventuras do capitão Alatriste.

Os Autores nas estantes

Agatha Christie (7) Albert Camus (1) Alexandre Dumas (2) Almudena de Arteaga (2) Amalia Decker Marquez (1) Ana Cristina Silva (2) Andrea Vitali (1) Andy Tilley (1) Anita Notaro (1) Anna McPartlin (2) Annie Murray (2) Anthony Capella (1) Antonio Hill (1) Arthur Schnitzler (1) Arturo Perez - Reverte (1) Audrey Niffenegger (1) Ayelet Waldman (1) Boris Vian (1) Bram Stocker (1) Brian Freeman (1) Camilla Lackberg (6) Care Santos (1) Carlos Ruiz Zafón (2) Cecelia Ahern (1) Charlotte Brontë (1) Colleen McCulloug (3) Dan Brown (2) Daniel Silva (1) David Foenkinos (1) David Nicholls (1) David Safier (1) Dennis Lehane (1) Diane Setterfield (1) Donato Carrisi (2) Edith Wharton (1) Elizabeth Adler (1) Elizabeth Edmondson (1) Elizabeth Gilbert (1) Elizabeth Haynes (1) Elizabeth Hickey (1) Eloisa James (1) Eric-Emmanuel Schmitt (1) Fabio Volo (1) Florencia Bonelli (1) Franz Kafka (1) Fred Vargas (2) George Orwell (1) George R.R. Martin (1) Gustave Falubert (1) Guy de Maupassant (1) H.P.Lovecraft (1) Harlan Coben (2) Haruki Marukami (2) Henning Mankell (2) Henry James (1) Inês Pedrosa (1) Isabel Allende (3) Iza Salles (1) J.K.Rowling (1) James Thompson (2) Jamie Ford (1) Jane Austen (2) Jean Rhys (1) Jennifer Haymore (2) Jessica Bird (1) Jill Abramson (1) Jô Soares (2) John Boyne (1) John Verdon (2) Jojo Moyes (3) Jonathan Santlofer (1) José Rodrigues dos Santos (5) José Saramago (6) Joseph Conrad (1) Jude Deveraux (2) Julia Navarro (1) Julie Garwood (1) Júlio Magalhães (2) Karen Kingsburry (1) Kate Jacobs (1) kate Morton (3) Ken Follett (5) Lars Kepler (3) Leo Tolstoi (1) Lewis Carroll (1) Lisa Gardner (1) Lívia Borges (1) Lucinda Riley (2) Luís Miguel Rocha (4) Machado de Assis (1) Madeline Hunter (2) Marguerite Duras (1) Mário Vargas Losa (2) Matilde Asensi (1) Michael baron (1) Miguel Sousa Tavares (1) Mo Hayder (1) Nicholas Sparks (2) Nicky Pellegrino (1) Nicolas Barreau (2) Nora Roberts (4) Nuno Markl (1) Oscar Wilde (1) Paulo M. Morais (1) Philippa Gregory (3) R.J.Palacio (1) Ricardo Araújo Pereira (1) Ricardo Menendez Sálmon (1) Richard Zimler (1) Robert Louis Stevenson (1) Robert Wilson (1) Rosamund Lupton (2) Rosamunde Pilcher (1) Sandra Brown (2) Sandra Worth (1) Sara Rodi (1) Sarah Addison Allen (3) Slavomir Rawicz (1) Stefan Sweig (1) Stephen King (1) Stephenie Meyer (4) Steven Saylor (1) Stieg Larson (3) Susanna Kearsley (1) Susanna Tamaro (1) Tara Moss (1) Thomas Mann (1) Torey Hayden (1) Tracy Chevalier (2) Wilkie Collins (1) WM. Paul Young (1) Yann Martel (1) Yasunari Kwabata (1) Yrsa Sigurdardóttir (1)