19/05/2014

A Hipótese do Mal - Donato Carrisi OPINIÃO!!!

Porto Editora| 424 págs| 16,60€

Donato Carrisi foi um escritor que me surpreendeu imediatamente quando li o “Sopro do Mal”: um livro bem escrito e com uma característica que me cativa sempre nos livros policiais: o factor surpresa e o desfecho inesperado.


Apesar de ainda ter por ler “O Tribunal das Almas” do mesmo autor, este “A Hipótese do Mal” chamou-me, desde logo a atenção por três razões: uma sinopse extremamente apelativa, a mesma personagem principal de “ Sopro do Mal”, Mila Vazquez, e a frase da capa: “É das trevas que venho e às trevas devo regressar”.


A acção deste livro é, inicialmente, muito rápida, fazendo com que o leitor não consiga afastar-se durante muito tempo do livro: ocorrem diferentes homicídios , aparentemente sem ligação aparente entre si, mas à medida que avançamos na leitura, concluímos tratar-se de algo  muito mais complexo do que parecia à primeira vista.


Mila Vazquez, uma personagem complexa mas ao mesmo tempo original e com a qual estabelecemos uma forte empatia, tem como dever, enquanto responsável pelo “Limbo” (Gabinete das Pessoas Desapaarecidas), solucionar estes casos complexos.


Donato Carrisi coloca a tópica deste livro no conceito de “desaparecimento”. Já no “Sopro do Mal” aprendemos diferentes conceitos relacionados com a dinâmica policial e neste “A Hipótese do Mal” também ficamos a conhecer mais conceitos e teorias deveras interessantes, sobretudo para aqueles que, como eu, gostam de ler um bom romance policial.


Paralelamente à acção propriamente dita, há uma aura filosófica e antropológica que torna a narrativa muito particular: isto acontece, sobretudo, pela mão de uma outra personagem, Simom Berish – um policía expert em interrogatórios e que foi excluído pelos seus superiores e colegas de trabalho por algo que ocorreu no passado. Esta personagem também é muito complexa mas desperta a curiosidade e a simpatia do leitor.


Mila e Simon procuram juntos solucionar o mistério que está por detrás da “Hipótese do Mal” e, paralelamente, superar os males do passado que tanto os atormentam e que moldam as suas personalidades.


Extremamente psicológico, com uma acção rápida e uma escrita apelativa, este livro não fica nada atrás do “Sopro do Mal”. Aliás, complementam-se: ao longo do livro são feitas muitas referências ao livro anterior e o final surpreendente leva-nos a pensar, inclusivamente, que poderá existir uma continuidade num próximo livro deste autor.


Pessoalmente, não sou muito de prestar atenção às capas dos livros, mas a do “A Hiótese do Mal” chamou-me à atenção por ser muito semelhante com o “Sopro do Mal” e, desde logo concluí que poderia haver muita relação entre um livro e o outro. Para enfatizar ainda mais essa minha teoria está uma palavra que surge em ambos os títulos: “Mal”.


É um livro extraordinário, com um enredo muito bem conseguido, com uma forte componente imaginativa, suspense e reviravoltas inesperadas! Nada é o que parece e esta leitura fez com que Donato Carrisi se consagrasse, na minha opinião, um dos melhores escritores policiais da actualidade.


Fico, por isso, ansiosamente à espera do próximo livro desta “saga”, irremediavelmente relacionada com o “Mal”.

Classificação: 7 - Excelente!

Outros Livros do Autor: 

Opinião de " Sopro do Mal" aqui

3 comentários:

Antonio Manuel disse...

Tenciono ler este livro muito em breve!!!

Mais uma vez a Estefânia apresenta excelentes alterações que tornam este blogue sempre mais interessante no seu principal objectivo: a leitura e o amor aos livros.

PARABÉNS!!!

Antonio Manuel disse...

Acabo de ler este livro. Concordo com a crítica apresentada neste blogue.

Rosana Maia disse...

Olá :)
Fiquei curiosa com os livros do autor. :) Apesar de ainda estar a dar os primeiros passos na leitura de policiais, pode ser que um dia escolha este para ler. :)
Boas viagens,
Rosana
http://bloguinhasparadise.blogspot.pt/

Os Autores nas estantes

Agatha Christie (7) Albert Camus (1) Alexandre Dumas (2) Almudena de Arteaga (2) Amalia Decker Marquez (1) Ana Cristina Silva (2) Andrea Vitali (1) Andy Tilley (1) Anita Notaro (1) Anna McPartlin (2) Annie Murray (2) Anthony Capella (1) Antonio Hill (1) Arthur Schnitzler (1) Arturo Perez - Reverte (1) Audrey Niffenegger (1) Ayelet Waldman (1) Boris Vian (1) Bram Stocker (1) Brian Freeman (1) Camilla Lackberg (6) Care Santos (1) Carlos Ruiz Zafón (2) Cecelia Ahern (1) Charlotte Brontë (1) Colleen McCulloug (3) Dan Brown (2) Daniel Silva (1) David Foenkinos (1) David Nicholls (1) David Safier (1) Dennis Lehane (1) Diane Setterfield (1) Donato Carrisi (2) Edith Wharton (1) Elizabeth Adler (1) Elizabeth Edmondson (1) Elizabeth Gilbert (1) Elizabeth Haynes (1) Elizabeth Hickey (1) Eloisa James (1) Eric-Emmanuel Schmitt (1) Fabio Volo (1) Florencia Bonelli (1) Franz Kafka (1) Fred Vargas (2) George Orwell (1) George R.R. Martin (1) Gustave Falubert (1) Guy de Maupassant (1) H.P.Lovecraft (1) Harlan Coben (2) Haruki Marukami (2) Henning Mankell (2) Henry James (1) Inês Pedrosa (1) Isabel Allende (3) Iza Salles (1) J.K.Rowling (1) James Thompson (2) Jamie Ford (1) Jane Austen (2) Jean Rhys (1) Jennifer Haymore (2) Jessica Bird (1) Jill Abramson (1) Jô Soares (2) John Boyne (1) John Verdon (2) Jojo Moyes (3) Jonathan Santlofer (1) José Rodrigues dos Santos (5) José Saramago (6) Joseph Conrad (1) Jude Deveraux (2) Julia Navarro (1) Julie Garwood (1) Júlio Magalhães (2) Karen Kingsburry (1) Kate Jacobs (1) kate Morton (3) Ken Follett (5) Lars Kepler (3) Leo Tolstoi (1) Lewis Carroll (1) Lisa Gardner (1) Lívia Borges (1) Lucinda Riley (2) Luís Miguel Rocha (4) Machado de Assis (1) Madeline Hunter (2) Marguerite Duras (1) Mário Vargas Losa (2) Matilde Asensi (1) Michael baron (1) Miguel Sousa Tavares (1) Mo Hayder (1) Nicholas Sparks (2) Nicky Pellegrino (1) Nicolas Barreau (2) Nora Roberts (4) Nuno Markl (1) Oscar Wilde (1) Paulo M. Morais (1) Philippa Gregory (3) R.J.Palacio (1) Ricardo Araújo Pereira (1) Ricardo Menendez Sálmon (1) Richard Zimler (1) Robert Louis Stevenson (1) Robert Wilson (1) Rosamund Lupton (2) Rosamunde Pilcher (1) Sandra Brown (2) Sandra Worth (1) Sara Rodi (1) Sarah Addison Allen (3) Slavomir Rawicz (1) Stefan Sweig (1) Stephen King (1) Stephenie Meyer (4) Steven Saylor (1) Stieg Larson (3) Susanna Kearsley (1) Susanna Tamaro (1) Tara Moss (1) Thomas Mann (1) Torey Hayden (1) Tracy Chevalier (2) Wilkie Collins (1) WM. Paul Young (1) Yann Martel (1) Yasunari Kwabata (1) Yrsa Sigurdardóttir (1)